quinta-feira, 16 de março de 2017

Livro de Flavia Cavaliere, "Elegância na Festa", em Noite de Autógrafos no Hotel CaesarPark




Com muita alegria, convido a todos para a noite de autógrafos do meu livro, o " Elegância na Festa", na cobertura do hotel Caesar Park, com uma das vistas mais bonitas do Rio de Janeiro.
A primeira foi um sucesso e vai ter bis!!!!

Se você já tem o livro, leve ao CaesarPark nesta noite! Vamos fazer uma super foto com todos juntos. Vai ser inesquecível.

Estarei esperando vocês com algumas novidades a mais: bate papo com a autora, apresentação da Orquestra Violinos Moza e degustações de muitas delícias. Casal Garcia, Frances Chocolates, Ilze Cunha Bem Casados, Olenka Brownies, Elvira Bona, Armazém do Cacau, Arte em Doces e espumante da Casa Valduga.

Dia 6 de abril, a partir das 18:30. Até lá!



terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Casamento Fernanda e André

Cerimônia: Igreja Nossa Senhora da Paz e Recepção: Clube dos Caiçaras


Era uma vez, uma princesa que nasceu num pequeno povoado.

Ela cresceu assistindo a história de outra princesa (Aurora. Aquela mesmo da "Bela Adormecida").

Era sua inspiração, seu sonho.

Então, chegou o seu dia de dançar aquela bela valsa de Tchaikovsky com seu príncipe: 10 de dezembro de 2016.



Vou contar tudinho. Afinal, fui a fada madrinha contratada para transformar esse dia num grande baile.

A mágica deveria construir um belo castelo, enfeitar a Igreja com muitas flores e luzes e transformar o teto do baile num grande céu de estrelas.

Ah...assim como no filme de Aurora,a princesa pediu a fada madrinha que durante a valsa, seu vestido fosse iluminado ora de azul, ora de rosa.

19h30 em ponto, Fernanda saiu em sua carruagem rumo a Igreja onde seria celebrada as núpcias com André.

Tudo começou às 20h em ponto como anunciavam os arautos.

A orquestra de Delfim Moreira, da confiança de reis e rainhas, foi convocada para esse casamento anunciando, com seu naipe de metais, a entrada do príncipe André com a pomposa "Clarins de Roma".





Foi de arrancar suspiros e emocionar, deixando claro o que ainda estava por vir.

Mais uma música e a entrada de Fernanda, num maravilhoso vestido de Glorinha Pires Rebelo, fez tremer as colunas da Igreja dedicada a santa que passou a ser venerada na Espanha do século XI.





O caminho do cortejo, eu decorei com flores brancas. Muitas rosas, lírios e lisianthus unidos por uma delicada guirlanda de flores aplicada uma a uma.

Usei luz âmbar para iluminar cada arranjo que sustentei por pedestais dourados para combinar com os detalhes da arquitetura do templo e usei raios de luz branca para decorar o tapete vermelho.

O altar também ganhou flores.Simplesmente, um conto de fadas.




Assim como nas belas histórias de princesa, lindas canções, lindos caminhos floridos,raios de luz dourada e eles, num doce olhar recíproco e apaixonado.

O Frei Milton Campos foi o escolhido para celebrar.

Com seu doce tom de voz e discurso amoroso, o frei abençoou André e Fernanda com uma celebração de mais de uma hora de duração.
Porém, o conjunto da produção não cansou ninguém e tudo parecia passar tão rápido.

Ao som de "Pompas e Circunstâncias", os noivos partiram em direção ao baile.

O Clube dos Caiçaras na Lagoa era minha matéria prima.

Assim como todo palácio que se preza, um belo lago (neste caso, uma lagoa) fazia parte do cenário.

Os convidados chegavam de balsa ao som de uma suave melodia que vinha de um jovem músico que por ali tocava.

Lá dentro, comecei a transformação pelas paredes.
Onde antes eram grandes portas coloniais, criei paredes em tom areia (aquele mesmo das muitas paredes de castelos que visitamos em viagens).

Forrei quase todo salão, preservando apenas a parede dos portais de entrada.

Depois, surgiram os móveis.



As mesas de convidados ganharam cadeiras de estilo clássico.

Algumas inclusive, com espaldar mais alto, típicos do período medieval.

Alternei as composições e, em algumas delas, usei castiçais esculpidos em ferro.

As taças de água também foram alternadas em dois modelos usando um vidro mais encorpado tal qual era de costume.

Os sousplats acompanharam o trabalho de pesquisa até que encontrei esse cujo o desenho de sua borda remetia a relação formal com a simetria do período histórico dos contos de fadas.

A distribuição das cores, a dobradura dos guardanapos, tudo foi carinhosamente estudado neste trabalho para que a magia se fizesse.




Sempre falo o quanto o meu trabalho é especial.
Mais do que um trabalho é uma missão.

A gente chega na vida das pessoas no seu momento mais especial e tem sim, o dom e, por isso, a missão de realizar sonhos.

Uma missão que requer grande responsabilidade, doação e humildade. 

Alguém lá em cima me deu esse presente e me emociono cada vez que volto para casa, muito cansada, no silêncio após a festa,  e agradeço a inspiração.

À frente da mesa de doces, criei ambientes com lindos sofás, poltronas e recamiers trabalhados em capitoné, linho, veludo e madeira.

Velas, flores e plantas completaram a composição.

Por falar, em mesas de doces, elas eram três.

A principal, ofereceu os milhares (milhares mesmo. Literalmente!) de doces e chocolates providenciados pelos noivos.



Usei uma mesa em pé dourado com tampo em madeira.

As bandejas, foram selecionadas em madeira dourada seguindo o estilo do pé da mesa que escolhi primeiro. Compondo com elas, alguns cristais e espelhos.

Como estávamos trabalhando com flores em rosa, lilás e branco, usei rosa e lilás para dar cor às forminhas dos doces.

Alguns deles, vieram de Minas Gerais, presente da tia de Fernanda que fez doces lindos, decorados com flores, rendas e brilhos dignos de princesas. Fiquei encantada.

Na mesa da direita, fiz, a pedido da noiva, uma mandala de brownies e bem casados.
Ela tinha visto uma decor minha onde coloquei os brownies assim. Pedido feito, sonho realizado.
Afinal, fada madrinha não pode dar defeito. (risos)

Mas claro, que recebeu um toque especial e personalizado.

Desta vez, o círculo das doçuras recebeu uma bandeja de dois andares de pettit vérres no seu centro. Aqueles pequenos vidrinhos com doce para comer de colher, sabe? Tinha banana com merengue, casadinho com farofa crocante, brigadeiro com avelã...

À esquerda, o bolo surgia lindo e imponente.

Bolo de Casamento Real com direito a boleira de prata para sustentá-lo, muitos laços e flores.

Atrás dele, coloquei árvores construídas galho por galho, especialmente, para o meu projeto de paisagismo da festa.

Afinal, que princesa não beijou seu príncipe em um belo bosque? Tinha que ter árvore junto do bolo.




E eles dançaram a valsa.

Não só o vestido como todo o ambiente se alternou em luzes ora rosa, ora azul.

Tal qual Aurora e Felipe no filme da Bela Adormecida, agora, Fernanda e André viviam o mesmo sonho.

Um céu de estrelas se abriu sobre eles. Para isso, usei o efeito dos globos de espelhos.

A pista estava cheia deles.

Uma chuva de papéis cor de prata se assemelhavam àquelas estrelinhas que saem das varinhas de condão e fazia a cena mais mágica ainda.

Não resisti e postei aqui o vídeo do filme. Enquanto eles dançavam, o vídeo passava nas TVs de Led com os nomes deles sobreposto à imagem. Foi lindo!




A festa estava só começando.

- Olha o mate!!!! Mate limããããão !!!!!!

André trouxe o cara da praia para a pista.

Os amigos pareciam todos conhecer o vendedor de Mate e curtiram muito.

André foi o responsável por muitos olhos arregalados com sorrisos largos e a expressão:

- Ih! O cara da praia! Você trouxe o cara da praia, maluco.

Festa é isso. Delícias, surpresas, alegrias, brincadeiras.

No caso deles, também amor.

Muito amor porque casamento é a celebração desse sentimento nobre e tão especial.

A festa seguiu animada, com muita dança, muitos amigos e muitos registros.

Quem tirasse foto com celular e marcasse a hastag da festa, tinha a foto impressa e entregue com direito a moldura personalizada.

Trabalho da Social Click que também clicou com máquina profissional as presenças e entregou cada uma aos fotografados como uma lembrança.

Junta aí que lá vem selfie!!!!!

Daud Pachá foi o contratado para o álbum oficial e as fotos que estou postando aqui falam por si só e olha que são algumas poucas.

Imagina só as duas mil que ele clicou.

Beto Santoro, da BV1 Produções, ficou com o filme e até drones trabalharam na captura das imagens que estou doida para ver.

Ele é top !
A pista se encheu de corações cor de rosa e ficou ainda mais bonita.

A bela estrutura erguida já aparecia por si com seu colorido de luzes e efeitos.

Com a chegada dos corações,ficou assim.

Um cenário de sonhos mesmo.







O bar bombou, a pista também.

Caipirinhas de muitos sabores; maracujá, morango, abacaxi, limão.

Tudo alí geladinho e preparado na hora do ladinho da pista.

Lá pelas tantas, Fernanda faz a sua surpresa para os convidados vestindo as luvas do UFC e apresentando, junto com alguns amigos, uma sensacional sequência de Body Combat.

Uau! Princesas modernas!






"Foi você o sonho bonito que eu sonhei

Foi você eu lembro tão bem você na linda visão

E me fez sentir que o meu amor nasceu então

E aqui está você, somente você a mesma visão

Aquela do sonho que eu sonhei..."


(Era uma vez no sonho - A Bela Adormecida)

Fernanda , André:

Once upon a time, não em meio a um bosque, mas no Centro do Rio, vocês se conheceram.

Essa história já tem oito anos e certamente, o príncipe e a princesa já enfrentaram dragões, bruxas e selvas de espinhos até realizarem esse grande baile onde se casaram.

Até aqui, tudo podia ser comparado com os contos de fadas.
Mas eles não contam a melhor parte: o que vem depois.
Agora, vocês vão poder sair do mundo do faz de contas para a vida real.Escrevam a melhor história.

A beleza do sonho realizado, do sonho vivido acordado, da vida encantada, do amor real. Façam da casa de vocês um palácio; das pessoas que lhe querem bem, as fadas madrinhas; de cada raio de sol, a luz mágica das varinhas de condão; de cada festa que forem, um grande baile onde vão dançar apaixonados.

Muito honrada de ser escolhida para esta missão. Sejam felizes!

Beijo


Deixe seu comentário aqui neste post.
Se identifique, siga todos os passos até clicar em publicar.

Confirme ao sistema que você não é um robô.

Clique em publicar outra vez para finalizar.