terça-feira, 2 de junho de 2015

Casamento de Juliana e José Eduardo

Cerimônia: Igreja de São Francisco de Paula e Recepção: MAM




"Foi assim, como ver o mar".

Ele com 15 anos e ela com 16. José Eduardo se declarou na frente de todos os convidados da sua festa de aniversário para a Jú, ao som de Flávio Venturini e rolou o primeiro beijo.

Vou contar para vocês: quando cheguei ao MAM e ví que as luzes que iluminam os pilotis tinha sido substituídas, dei um risinho comigo mesma.

Elas foram âmbar por anos. Agora, o Museu as substituiu. Estavam azuis. "Todo o azul do mar". Homenagem?
Quem sabe?

De lá até aqui, foram 10 anos de namoro e de muita convivência.

O vestibular foi junto.
A faculdade também foi junto. A medicina foi um amor comum.



Depois da formatura, Zé foi para o Acre passar um ano exercendo medicina voluntária e na segunda e última vinda dele para o RJ (era aniversário da Jú !) aconteceu o pedido.

Parece que ele gosta mesmo de surpresas em dia de festa de aniversário. (risos)

Então, começaram os preparativos e eu entrei na vida deles. Eles me conheceram quando foram padrinhos da Vivi  e do Marcelo e eu era a cerimonialista. Agora, era vez da Juliana entrar vestida de noiva e do José Eduardo esperá-la no altar.

Os dois escolheram casar com toda pompa e circunstância na Igreja de São Francisco de Paula, no Centro do RJ.

O templo que já conta três séculos de existência é uma das Igrejas mais suntuosas do Rio de janeiro com altar esculpido pelo Mestre Valentim.


O celebrante foi o frei franciscano José Pereira cujas cerimônias são famosas e encantam pelas belas palavras de carinho e simpatia.

Casamento com ele é sempre certeza de convidados atentos e emocionados.

Para completar, a competente orquestra de Delfim Moreira dando expressão as mais belas músicas.

Aliás, dando expressão as fotos da Igreja também (risos).

As fotos que estou publicando da cerimônia são de autoria do Alcides Martins da equipe de Delfim Moreira.

Valeu, Alcides!



Juliana e José Eduardo fizeram os próprios votos.

Eles escreveram o que iriam dizer um ao outro e isso é muito fofo.

No lugar do antigo "Na alegria e na tristeza, na saúde ou na doença...",uma declaração de amor espontânea, vinda do coração e dita sem que o padre lhes sopre no ouvido para ser repetida.

É lindo! É só emoção!

Em tempos de tanta personalização... é sandália customizada, é monograma exclusivo, é essência desenvolvida especialmente para os noivos com o objetivo de aromatizar o salão, identidade visual criada especialmente para brindes, menu...

Porque o momento mais romântico e amoroso da celebração seria tão impessoal e clichê?

Noivos, escrevam seus votos!Super apoio.

Fica a dica!

Antes da saída, a tradicional foto de altar com pais e crianças.

Foto de álbum.

Essa é oficial.



Hora do beijo  e vamos todos para a festa que o MAM os aguarda todo vestido em azul e marfim.

Assim... "como ver o mar".

Acreditem...estou escrevendo este post ouvindo a música dos dois.

Totalmente inspirada na poesia da música e na história deles.
Na festa, a Juliana me pediu um ambiente todo construído em azul marinho e marfim.

Adorei!

O azul marinho é elegante e associado ao marfim ganharia brilho; se iluminaria.

Como o Museu de Arte Moderna é um ambiente cru, a primeira providência foi preparar o espaço para receber a decoração.

Os grandes panos de vidro ganharam cortinas de voal azul marinho e as paredes ganharam forrações.

No chão, coloquei muitos tapetes persas e no ar, lustres de velas  que pendiam das vigas dando um ar de romance e aconchego.

Optei por móveis de estilo com muito dourado.

As cadeiras de convidados tipo gabana ganharam assentos de veludo e escolhi a mesas de doces e poltronas com madeira talhada a mão pintadas em pátinas douradas.

Tudo bem clássico para um casal jovem mas cheio de estilo.

O espelho entrou em muitos detalhes, inclusive nas mesas de família.




Por falar nelas, as mesas de convidados ganharam sousplats de prata, guardanapos de linho e taças no tom da festa.

Centenas de flores nobres tomaram os salões e pérgula do MAM.

Usei sofás capitonados,bar capitonado (dá para ver ele aí no fundo da foto!), almofadas bordadas e o requinte nos detalhes.
Aliás, os detalhes (e eu adoro detalhes!) ditaram as regras nesta produção.

Olha essa cômoda antiga que usei para os bem casados... Nas gavetas, todas as delícias que viajaram de São Paulo para o casamento da Ju e do Zé.

Sobre ela, centenas de brownies da Olenka recheados de brigadeiro e doce de leite que dispus em cerâmicas Luiz Salvador.

A mesa de doces estava uma tentação.

Eram sabores e formas para todos os gostos em forminhas marfim e bandejas de prata com cristais.

Os chocolates belgas também compareceram se oferecendo em pralinés e recheios de enlouquecer.





O MAM é um espaço onde o decorador é convidado a pensar sob diferentes perspectivas.

A primeira impressão é a distância, no desembarque do convidado de onde ele já pode avisar a rampa de acesso e o jardim do vão central .


Os noivos chegaram da Igreja e não perderam muito tempo.

Foram logo para as fotos, lanchinho rápido e ensaio. Isso mesmo ensaio.

Eles ensaiaram um número com a coreógrafa Gil Rangel para a abertura de pista e quiseram dar aquela passadinha antes.

Perfeito!

Hora de entrar no salão e curtir tudo por lá com as pessoas queridas que compareceram e aguardavam ansiosos por eles.

Olha só que momento gostoso esse beijo com champagne.

Foto que nós profissionais estamos acostumados a ver todo final de semana mas que nunca...nunca mesmo, deixa de emocionar.

É um momento lindo!
Especial!



O bolo de 5 andares foi feito pela Ana Salinas e o cardápio da festa ficou por conta da equipe do Laguiole que trabalhou muito bem.


O buffet do restaurante preparou um belo jantar com salmon e fillet mignon mas eu quero aqui dizer que tem um crepe de frango caipira com geléia de banana que...hummmm.... se eu fosse vocês, noivas do MAM, não deixaria de incluir.

Loucura total!!!!!


Lá pelas tantas, o menu da madrugada com mini hamburguinhos, batatas fritas e mousses maravilhosas em copinhos.

Show de serviço.


Bem...voltando a abertura da pista de dança, Juliana e José Eduardo entraram no salão com palmas e assobios, agradeceram a todos pelo microfone e dançaram Thinking Out Loud com direito a trechos do vídeo oficial de Ed Sheeran.

Ok,eles são médicos e não bailarinos e um vestido de noiva não é um modelo de leveza mas fizeram.

Curtiram. 

Namoraram.

E dançaram em três direções diferentes alcançando todos os convidados que se chegavam as cabeceiras da pista para tentar ver mais de pertinho.






Depois, a pista lotou.

Não precisou de mais do que a introdução da música seguinte para os amigos invadirem o espaço e começarem a bagunça.

Que lindo de se ver.

Eles, realmente, são muito queridos daqueles quatrocentos convidados que estavam lá.

Foi muito abraço, muito beijo, brincadeiras e alegria.

Noiva no alto, noivo no alto também.

A turma passeou com eles "nas alturas".
Um show de carinho e comemoração.

No comando da pista lotada, nosso DJ Sérgio Afonso.

Na outra cabeceira, os bartenders do Laglioli trabalhando sem parar.

A pista foi regada a muita música boa e bebida gelada à vontade.


Para quem errou na escolha das sandálias (mulheres sempre vão para festas com sandálias que as torturam - risos) tinha solução.

Eu e minha equipe aí, prontinhas para entrar e distribuir "remédios" para os pés doentes.

A gente faz assim.

Distribui em mãos. 

Pessoalmente, não gosto muito daquela coisa de estação para troca dos vales por havaianas.

Acaba virando uma banca.(risos) 

Por maior que seja o cuidado com a preparação de um balcão bonito, com prateleiras internas etc., em bom português, no pico da abordagem, parece um camelô. 

Um monte de convidadas por cima do balcão com braços para o alto com vales estendidos pedindo suas sandálias.(risos)

A cena é essa.


A festa teve outro grande momento que foi a entrada dos balões.

Eles são mesmo lindos na pista!!!!....

Um mar de corações pulsando no alto, no ritmo da música e sobre o olhar de todos os convidados.

A turma volta a ser criança e disputa cada um deles. 

Homens e mulheres...todos querem um balão.

Olha que lindo , esse colorido na pista.

Show de luzes muito bem registrado pelo super fotógrafo Daud Pachá. 

Quero aproveitar para agradecer a ele por tanta generosidade e amizade verdadeira.

Daud é um daqueles profissionais disputados por seu talento, técnica e prestreza. 

Ele estava lá, fazendo alguns cliques para o meu book . 

Não era o fotógrafo da festa mas me presenteou com todas essas fotos lindas que estou postando aqui.

Obrigada, meu amigo! 

Você não é só um dos melhores profissionais de fotografia que eu conheço. 

É também um ser humano ímpar.

Olha aí, os pais da noiva!!!!

Tão bom vê-los felizes. 

A gente convive um ano inteirinho com uma família. 

Quando chega o Grande Dia, ver esse sorriso, esse brilho no olhar é tudo de bom.


Juliana e José Eduardo:


Vocês ultrapassaram os limites do descompromisso adolescente, venceram distância e já que iam estudar tanto deram um jeito de fazer isso juntos.

Dez anos depois, se amam ainda mais e a vontade de estar juntos para sempre é uma certeza.

Não tenho dúvidas que participei de um casamento escrito nas estrelas.
Também acho que todos os que estiveram lá ou acompanharam toda essa história pensam a mesma coisa.

Pois então, que o universo inteiro conspire a favor.

Que sempre brilhe no céu , toda a luz que vocês precisam.

Que sempre floresça na Terra, a beleza e a felicidade para o dia a dia e que sempre se mantenha vivo, o amor no coração de cada um de vocês.



Essa parte, (a de manter vivo o amor) é toda de vocês. Mas acho que já sabem fazer isso direitinho.

Aqui, a foto que você pediu para fazer.

Coraçãozinho com os dois!!!
Ficou linda,né?!

Vou guardar em lugar muito especial.

Beijo grande!



Você pode deixar seu comentário sobre esse casamento clicando na palavra comentários logo abaixo. 

Não deixe de seguir todos os passos até clicar em publicar.




5 comentários:

  1. Parabéns por mais um trabalho exemplar, Flávia! Foi sensacional!!! Muito feliz em ver meus grandes amigos realizando seu maior sonho!!! beijinhos mil Vivi

    ResponderExcluir
  2. Tudo lindo e elegante!!! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Flavia e equipe Cerimoniale, muitíssimo obrigada pela noite maravilhosa e impecável que vocês nos proporcionaram! Foi um sonho.... Pena que passa tão rápido!!!!!! Todos avisavam e eu pensava que comigo seria diferente! Rsrs Queria poder voltar no tempo e viver cada segundo mais uma vez sem mudar nenhuma vírgula! Foi sem dúvidas a noite mais feliz da minha vida! Curti demais, não me preocupei com nada e no final foi tudo mais que lindo! O blog me deixou em lágrimas (de alegria rsrs)! Que voces continuem realizando muitos sonhos por aí e que a gente se encontre de novo e logo!!!!!! Beijossssssss Ju

    ResponderExcluir
  4. Querida Flávia e equipe, gostaria de deixar aqui registrado o meu eterno agradecimento pela noite sensacional que vocês proporcionaram a nós dois. Mas acima de tudo queria dirigir esse agradecimento por colocarem no rosto da minha esposa um sorriso que dificilmente verei de novo. Assim como em nossa profissão acho que não há palavras capazes de suplantar isso! Beijos Zé

    ResponderExcluir
  5. Realmente foi uma honra a oportunidade de ter contato com esta família maravilhosa.!!!! Todos são pessoas de muito carinho e doação. Está publicação sua, está tão perfeita!!!!! Impressionante como você não deixa de abordar nenhum detalhe da cerimônia, da festa e principalmente de toda a importância deste dia para este lindo casal e sua família.

    ResponderExcluir